BLOG

    artigo

    Assuntos regulatórios: saiba mais sobre a área

    Publicado em 08/04/2019

    A carreira farmacêutica especializada em regulação sanitária de indústrias, distribuidoras e empresas do varejo farmacêutico é uma das mais valorizadas pelo mercado de trabalho. Esta carreira possui grande projeção profissional no meio industrial e em órgãos reguladores, em que existe maior complexidade nas atividades realizadas pelo profissional.

    Ser especialista em regulação sanitária exige do profissional aptidão para tarefas administrativas, conhecimentos aprofundados em legislação sanitária nacional e internacional e capacidade de negociação, liderança, comunicação e gestão. O inglês é indispensável e o espanhol pode ser um diferencial para grandes empresas farmacêuticas brasileiras, que detêm filiais na América Latina.

    A competição profissional nesta carreira é acirrada, pois a atuação não é restrita ao farmacêutico por força de lei. Dessa forma, o profissional formado em Farmácia compete com praticamente todos os profissionais de saúde, advogados e até administradores de empresas.

    O QUE FAZ

    Na indústria de medicamentos e em consultorias especializadas:

    – Acompanha os processos de pesquisa e desenvolvimento de novos produtos;

    – Analisa relatórios de qualificação e validação;

    – Acompanha e avalia o mercado e os lançamentos de novos produtos dos concorrentes;

    – Administra e executa o processo de registro de novos produtos farmacêuticos na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa);

    – Acompanha diariamente as publicações da Anvisa no Diário Oficial da União (D.O.U.);

    – Discute novas resoluções em Consultas Públicas na Anvisa;

    – Acompanha e implementa novas resoluções e regras sanitárias;

    – Recebe e acompanha auditoria sanitária;

    – Administra o processo de revalidação do registro de produtos;

    – Acompanha o sistema de atendimento ao cliente (SAC) e registros do setor de farmacovigilância;

    – Orienta o departamento de marketing em publicidades e propagandas;

    – Orienta o departamento jurídico em demandas de cunho sanitário;

    – Verifica os registros e cadastros sanitários do estabelecimento.