BLOG

    artigo

    Como montar um kit de primeiros socorros para o trabalho

    Publicado em 09/05/2019

    Montar um kit de primeiros socorros para o ambiente de trabalho  é uma atitude prudente. Imprevistos acontecem e é sempre bom estar preparado. Embora não substituam a visita ao médico, alguns cuidados podem ser tomados caso alguém se sinta mal até que possa se dirigir ao centro de saúde mais próximo.

    O que não pode faltar no kit de primeiros socorros:

    Itens para curativos

    É sempre a melhor solução para limpar pequenos machucados, a fim de evitar complicações, como bolhas e infecções. Servem, também, o álcool 70 e antissépticos. Nessa parte da maleta podem entrar fitas adesivas médicas, gazes, esparadrapos, além de pinças e pequenas tesouras, que ajudam durante o processo de limpeza do local afetado.

    Termômetro

    Certifique-se de que ele está funcionando. Prefira os digitais, pois os de mercúrio podem ser derrubados e causarem transtornos.

    Adesivo para dor muscular

    As dores musculares podem ser aliviadas com adesivos antes de buscar o atendimento médico, diminuindo o desconforto do colaborador.

    Antiácidos

    Um incômodo simples como a azia pode ser bastante perturbador durante o horário de trabalho. Ter à mão um sal de frutas ou antiácido pode ser uma mão na roda nestes momentos.

    Analgésicos

    Analgésicos simples e sem prescrição médica para compra como a dipirona podem ser mantidos no kit mas lembre-se de só usá-los caso não haja nenhum histórico de alergia ou reações adversas.

    Endereço e telefone do pronto socorro mais próximo

    Lembre-se o melhor socorro é aquele prestado por profissionais de saúde capacitados, então mantenha sempre à mão o endereço e telefone do pronto de socorro mais próximo caso precise acompanhar um colega de trabalho.