BLOG

    artigo

    Benefícios de ser um mentor no ambiente de trabalho

    Publicado em 25/04/2019

    A mentoria no local de trabalho é uma via de mão dupla que beneficia o mentor e o aprendiz. Mais importante ainda: para as empresas, pode ajudar a elevar a qualidade do trabalho, aumentar a produtividade, reforçar a retenção de funcionários e criar um ambiente mais positivo.

    Um plano de carreira melhor

    Para o aprendiz, os benefícios de ter um mentor sábio e confiável podem ser inúmeros. Particularmente no início de uma carreira, aprender com alguém que já esteve naquele lugar, é extremamente valioso para o sucesso e o avanço. Um mentor pode ensinar sobre as responsabilidades específicas de um cargo ou todo um setor. Ele também pode ensinar sobre os prós e contras do organograma, políticas, práticas e metodologias de negócios de uma empresa.

    Recompensas para o Mentor

    Imagine ter um jovem protegido que ouve todas as suas palavras e trabalha diligentemente para agradá-lo. Mentores podem se orgulhar – e reivindicar um pouco de crédito – do bom trabalho de seus mentorandos. Jovens trabalhadores que são verdadeiramente dedicados às suas carreiras e seus mentores estão dispostos a chegar cedo, ficar até mais tarde e produzir o melhor trabalho que puderem. Com uma mente aberta, os mentores também podem aprender muito. Por exemplo, um executivo com uma longa carreira pode não entender os benefícios das redes sociais e aplicativos tanto quanto um nativo digital. Ele pode ficar mais afiada e à frente dos seus pares, mesmo que seja décadas mais velho que a maioria dos outros funcionários da empresa.

    Uma cultura multi-geracional para a empresa

    Como mentores e mentorandos desenvolvem seu próprio relacionamento, eles ajudam a criar e perpetuar uma cultura positiva para a empresa que combina as melhores qualidades dos indivíduos, independentemente da idade.

    Reduz o Stress e a Ansiedade

    Menos mensurável, mas ainda importante, é a capacidade de reduzir a ansiedade e o estresse no trabalho. Todos cometemos erros e nem sempre atingimos nossos objetivos. Como mentor você pode ajudar alguém a enxergar o quadro geral da situação e a entender que um único erro não vai custar a carreira. Assim, você pode ajudá-lo a melhorar o que faz no ambiente de trabalho, fazendo com que esses erros se tornem cada vez menos comuns.

    Ajude-os a se se juntarem aos locais. Tente ensinar sobre a nossa cultura e aprender sobre a deles. Uma das melhores maneiras de fazer isso é leva-los aos eventos que os locais frequentam.

    Ajude-os a manter contato com o país de origem. Se o fuso horário for muito diferente do nosso, recomende, por exemplo, que ele tire 20 minutos durante o dia de trabalho para ligar para família e amigos. Além disso, você pode pesquisar clubes e associações de descendentes do país de origem do seu colaborador expatriado para sugerir que ele visite.

    Apresente-os a outros expatriados. Se houver outros expatriados em sua empresa, considere apresentá-los a seu colaborador. Assim eles podem trocar impressões sobre as mesmas experiências. Além disso, esses indivíduos podem oferecer uma ótima visão sobre onde encontrar bons serviços internacionais, como seguro de saúde internacional.

    Fique de mente aberta. Haverá momentos em que as diferenças culturais serão testadas. Seja no cumprimento de tarefas, nas questões relativas a flexibilidade de horários e vários outros tópicos. No entanto, isso faz parte do desafio de lidar com equipes globais. Embora você possa não adorar todas as diferenças, lembre-se de que é mais do que provável que os expatriados também não amem tudo a respeito do nosso país e tudo bem.