BLOG

    artigo

    A Importância da Diversidade

    Publicado em 04/06/2019

    A IMPORTÂNCIA DA DIVERSIDADE

    Por Mariama Tomaz

    A diversidade vem em muitas formas: gênero, raça, religião, orientação sexual, idade, cultura, origem socioeconômica, etc. Tudo isso contribui para a experiência única do indivíduo no mundo.

    Lhe ofereço o convite de dar um passo para trás e examinar a presença da diversidade em sua própria vida. Quão diversificada é a sua vizinhança? Colega de trabalho? Grupo de amigos? Familiares? Os autores que lê? Os músicos que escuta? Os parceiros com os quais se relaciona? Os funcionários que contrata?

    Experimentar a diversidade em nossa vida diária, significa ter uma exposição a pessoas, culturas, tradições e práticas diferentes das nossas. Podemos aprender novas habilidades e conceitos com os quais não estamos familiarizados e obter uma visão mais ampla de tudo. Com isso, não apenas aumentamos nosso desenvolvimento social, mas também aumentamos nossa compreensão do mundo. Isso irá nos preparar para fazer parte de uma sociedade global, esteja viajando para um novo país, trabalhando com diversos colegas de trabalho, conhecendo novas pessoas ou resolvendo problemas. Experimentando a diversidade melhoramos a nossa empatia, pois ouvir sobre a experiência de outra pessoa pode esclarecer uma vida diferente e fornecer uma nova perspectiva. Quando comparamos nossas lutas, prioridades e valores, podemos começar a compreender de onde vem um indivíduo e compreender suas ações e comportamentos. Talvez até mesmo mudando nossa mentalidade e prioridades, ou pelo menos fazendo que entendamos as motivações e dificuldades de outra pessoa.

    Times de trabalho diversificados também têm uma visão mais abrangente e empática dos fatos e um poder de inovação maior que qualquer outro. Quando colocamos juntas, num mesmo propósito, pessoas de diferentes vivências, classes sociais, visões de mundo, gênero e cultura aumentamos exponencialmente a chance de um projeto ser bem sucedido. É justamente na interseção entre diferenças e propósito comum que o melhor acontece. Reunir pessoas de várias origens com diferentes experiências de vida pode gerar ideias ou perspectivas que os outros podem nunca ter considerado ou ter conhecimento. Todos têm seu próprio modo de ver um problema, moldado pelas experiências individuais que tiveram. Ao abordar um problema, não seria melhor ter várias interpretações e abordagens, em vez de todos contribuírem com os mesmos pensamentos e conclusões?

    Diversidade é o que há de mais especial e mais bonito no mundo no qual vivemos e promover a diversidade é o primeiro passo para não apenas a tolerância, mas para a aceitação. Através do contato crescente, exposição e comunicação entre novas pessoas com ideias únicas, podemos perceber que temos mais em comum do que imaginávamos. Ou ainda podemos ser totalmente diferentes, e está tudo bem também! Aumentar a familiaridade com essas diferenças pode alterar as perspectivas, facilitar a aceitação e diminuir os equívocos e preconceitos.

    Viva a diversidade! Diversifique!